menu

Categorias
Blog Cidade Inteligente

Elliot Cloud se une ao projeto eCitySevilla, liderado pelo Governo Regional da Andaluzia, Conselho Municipal de Sevilha, PCT Cartuja e Endesa.

Em 2011, a Comissão Européia definiu o roteiro para avançar em direção a uma economia de baixo carbono e competitiva até 2050, o que deu indicações de como a União Européia deveria reduzir suas emissões em 80% abaixo dos níveis de 1990 através de reduções internas.

Em 2018, através de um relatório da Comissão Européia sobre a "Visão Estratégica para a União Européia 2050: Um Planeta Limpo para Todos", visando assegurar uma economia próspera, competitiva e neutra para o clima; e com a proposta da Comissão em março de 2020 da Lei Climática Européia, foi estabelecido o quadro para alcançar a neutralidade climática da UE até 2050.

eCity Sevilha, um projeto que visa reduzir as emissões de gases de efeito estufa

O Projeto eCitySevilla responde aos compromissos assumidos pelo Governo espanhol de reduzir as emissões de gases de efeito estufa, tanto no âmbito da ConvençãoQuadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática, seu Protocolo de Kyoto e o Acordo de Paris, como no âmbito da União Européia.

Com nossa adesão ao projeto eCity Sevilha, estamos acrescentando um novo marco ligado à colaboração com a rede comercial da cidade e ao posicionamento da marca na Andaluzia.

Depois de vários meses de trabalho, Elliot Cloud juntou-se à carteira de fornecedores interessados em contribuir com suas soluções para o desenvolvimento e implementação de um dos mais importantes Projetos da bandeira de Sevilha, O objetivo do projeto é criar um projeto inovador na Ilha de la Cartuja em termos de colaboração público-privada eficaz no interesse da sustentabilidade e da eficiência, com base em cinco pilares: energiamobilidade sustentável, construção, digitalização e participação e comunicação.

Objetivos aplicados às cidades inteligentes

Elliot Cloud se posicionou como uma solução aberta para o processamento de dados, aplicada ao Cidades inteligentese se concentrou em três eixos fundamentais: energia, mobilidade e digitalização de processos.

Agora é o momento de desenvolver o roteiro e elaborar propostas que se enquadrem nos temas de trabalho para criar alianças com outras empresas e conseguir, no espaço ocupado pela Isla de la Cartuja, antecipar as metas fixadas para 2030 para a redução dos gases de efeito estufa, de modo que até 2025, segundo o acordo do Conselho Europeu de dezembro de 2020, isso seja alcançado:

  • Ao menos reduza uma emissão de 55% de gases de efeito estufa em relação a 1990.
  • Pelo menos, uma energia renovável 32% no consumo de energia.
  • Pelo menos, 32,5% melhoria eficiência energética.

Uma vez desenvolvidas essas linhas de trabalho, em 2025, o PCT Cartuja desfrutará de um abastecimento de energia renovável de 100%, terá edifícios eficientes, pontos de carregamento serão implantados para promover a mobilidade elétrica sustentável e, tudo isso, operará com um sistema conectado e autônomo, conectado a uma rede inteligente totalmente digitalizada, que também fornecerá uma plataforma de dados aberta para a gestão inteligente do parque.

Categorias
Blog Cidade Inteligente

Elliot Cloud destaca no 4º Comitê Técnico do RECI a necessidade de aplicar tecnologia para conduzir cidades mais eficientes e sustentáveis

O Diretor Executivo de Elliot Cloud, Óscar Ruiz Chicote, e o Diretor de Inovação e Administração Pública, José Antonio Morales, participaram nesta sexta-feira do IV Comitê Técnico da Rede Espanhola de Cidades Inteligentes (RECI) que foi realizado na cidade de Rota (Cádiz).

O evento, que foi patrocinado por Elliot Cloud, reuniu entidades públicas e privadas para promover o desenvolvimento econômico, a sustentabilidade e uma melhor gestão da cidade usando recursos digitais e tecnológicos.

Ao longo do dia, Elliot Cloud participou de duas mesas redondas ligadas ao desenvolvimento e promoção do cidades inteligentes como um modelo para uma cidade sustentável. Em primeiro lugar, Oscar Ruíz ChicoteElliot Cloud CEO, participou da mesa redonda para abordar o tema "O uso da tecnologia nos planos de sustentabilidade do turismo nos destinos", na qual foi debatido o papel fundamental da tecnologia na aplicação dos fundos que o Governo espanhol destinou para avançar na transformação dos destinos turísticos em um modelo baseado na sustentabilidade ambiental, sócio-econômica e territorial.

 

Além disso, Elliot Cloud também estará representado em uma das discussões do painel da tarde, que contará com a presença de José Antonio MoralesOs Fundos Europeus e P&D&I, uma forma de implementar melhorias nos serviços públicos.

A reunião proporcionou uma oportunidade para mostrar como Elliot Cloud aplica o tecnologia para a gestão de infra-estruturae cidades por meio do monitoramento e controle das diferentes instalações em edifícios ou cidades. Ele faz isso integrando a gestão, controle e otimização de processos em um único software orientado por dados para conseguir uma gestão e operações mais eficientes e sustentáveis.

Categorias
Blog Cidade Inteligente

Experiências Elliot: Turista Digital 2022 por José Morales

Olá, eu sou José Morales SánchezDiretor da área de Inovação e Setor Público. Sou um especialista no ecossistema de apoio a P&D&I com mais de dez anos de experiência trabalhando como gerente de inovação, realizando a preparação e implementação de projetos em nível regional, nacional e europeu relacionados com eficiência energética, energias renováveis e eficiência energética. energias renováveisgestão de resíduos e o cidades inteligentes.

Atualmente atuo como consultor sênior, dando respostas a pedidos do setor público relacionados a esses assuntos. Nesta ocasião estou aqui para apresentar minha experiência no evento Digital Tourist 2022 e os aspectos que achei mais interessantes.

O que é o Digital Tourist 2022?

É o lugar de encontro dos responsáveis pelos Destinos Turísticos Inteligentes (ITD): administrações central, regional, provincial e municipal, e a oferta de turismo digital representada pelas principais empresas de tecnologia. É um evento social que nos devolve o redepara facilitar o intercâmbio de conhecimentos e experiências.

É um evento que facilita o intercâmbio de conhecimentos e experiências, num momento em que o turismo deve recuperar o papel estratégico, econômico e social de que desfrutava antes da pandemia.

As tecnologias digitais foram os principais temas desta edição de 2022, dada a implementação do Componente 14 do PRTR e como a tecnologia é a chave para que o turismo ganhe em competitividade.

Por que é interessante assistir a esses eventos

Eventos presenciais, que estão voltando depois do hiato pandêmico, oferecem a oportunidade de fazer rede e conhecer o ecossistema além das inúmeras reuniões telemáticas por meio de uma tela.

A presença da empresa nesses eventos é uma oportunidade de diálogo em primeira mão com múltiplos agentes do setor turístico, onde muitas empresas e administrações públicas (conselhos, municípios e associações de municípios) se reuniram, onde pudemos ouvir seus problemas e propor nossas soluções e serviços que respondem às suas necessidades.

Além do interesse específico no conteúdo das mesas redondas que se realizaram, as oportunidades de rede que surgem em eventos presenciais são muito altos, pois permitem uma compreensão mais profunda das oportunidades e outros aspectos além daqueles do próprio evento.

Os intervalos para café, o tempo de viagem para os hotéis ou a partilha de mesa e toalha de mesa, permitem ao senhor conhecer as pessoas e suas empresas em um estado mais relaxado, o que lhe permite fazer um desenvolvimento mais profundo dos negócios, que lhe permite alcançar um melhor posicionamento da empresa em todos os níveis.

Experiência pessoal no Digital Tourist

O turismo é um dos setores motores do nosso país e, como tal, a Rede de Destinos Turísticos Inteligentes é uma oportunidade particularmente interessante para gerar oportunidades de negócios associados às necessidades tecnológicas desses municípios, que já têm planos de digitalização e estão conscientes do uso da tecnologia como ferramenta para torná-los mais atraentes aos visitantes.

Do meu ponto de vista, um evento desse tipo, que reúne atores que já estão à procura de soluções de digitalização, é uma oportunidade de comercializar para entidades que já estão receptivas à nossa mensagem, reunindo nossos serviços de digitalização, interoperabilidade e transparência com as necessidades dos municípios.

A experiência geral foi muito positiva. Nosso papel como patrocinadores do evento nos permitiu participar da mesa redonda como oradores sobre um tema tão quente como a gestão dos Fundos de Recuperação, contribuindo com nossa experiência do lado dos negócios e da canalização desses fundos. Esta apresentação, juntamente com as relações anteriormente estabelecidas com vários dos atores presentes, como resultado de nossa atividade diária, nos deu uma visibilidade muito perceptível que aumentou as atividades de rede e nossa relevância no ecossistema dos fornecedores de tecnologia.

Destaques do evento

A oportunidade de participar de uma das mesas redondas mais relevantes devido a seu assunto e à qualidade dos membros do painel, Victor Badorrey (Diretor de Relações Institucionais do Segittur), Inmaculada de Benito (Diretor do Conselho de Turismo do CEOE), Daniel Vega (Chefe de Cidades Inteligentes e Inovação da FEMP).

A presença de atores líderes no mundo da digitalização do setor turístico, compartilhando com eles as experiências do setor e expressando a necessidade de aumentar sua competitividade e conseguir uma experiência melhor para o visitante.

A possibilidade de construir relações de qualidade num ambiente profissional e especializado, enquanto se desfruta de um ambiente descontraído nos eventos fora das mesas de discussão propriamente ditas.

Categorias
Blog Insights inteligentes

Dia Mundial da Água: Uso eficiente da água como meta prioritária

O Dia Mundial da Água é celebrado a cada 22 de março e o foco deste ano é "o valor das águas subterrâneas e tornar visível o invisível".

Com o Dia Mundial da Água deste ano, a ONU está pedindo o estudo, a proteção e o uso sustentável das águas subterrâneas para sobreviver às mudanças climáticas e para atender às necessidades de uma população crescente.

Mais de 40 por cento da população mundial é afetada pela escassez de água. Isso significa que três em cada dez pessoas não têm acesso a água potável e seis em cada dez pessoas não têm acesso a instalações sanitárias seguras.

Esta celebração visa também aumentar a conscientização sobre a crise global da água e a necessidade de buscar medidas para enfrentá-la, para que possamos alcançar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) número 6: Água e saneamento para todos até 2030.

Portanto, este é um bom dia para lembrar que o investimento em soluções eficientes de gestão da água não é apenas necessário, ele é obrigatório. O caminho para a sustentabilidade tem um pilar fundamental no tratamento das nossas águas. A gestão, o monitoramento e o controle dos sistemas hídricos de nossas sociedades é essencial para se poder tomar medidas antecipadas e mitigar os efeitos iminentes das mudanças climáticas.

A solução Elliot Cloud

Elliot Smart Water é uma solução sustentável, única, inovadora e tecnológica que conecta e gerencia todos os tipos de dispositivos, permitindo a rápida implantação de sistemas seguros e escaláveis, facilitando o monitoramento remoto da água e a coleta e tratamento de águas residuais.

Nossa solução facilita a digitalização da gestão da água através de um ecossistema de soluções nativas projetadas desde sua criação para agregar mais valor ao negócio em seus processos e dimensões críticas, reduzindo a complexidade e aumentando sua eficiência e rentabilidade.

O presente exige soluções tecnológicas e nosso futuro depende da sustentabilidade, Elliot Água é o equilíbrio e permite a tomada de decisões com base na análise de dados para uma melhor e mais eficiente gestão do ciclo integral da água.

Elliot Waterm

Elliot Smart Water apresenta as características:

ACOMPANHAMENTO

Em tempo real dos diferentes componentes da rede de água (medidores, sensores de pressão, etc.),

GLOBALIDADE

Todas as suas redes e estações de tratamento são monitoradas e controladas em um único software.

REGISTRO DE EVENTOS E DADOS

Diário cronológico personalizável de todos os eventos e alarmes configurados.

ALARMES E EVENTOS

Administração de eventos e alarmes. Criação de regras comerciais e personalização do envio de alarmes e/ou notificações.

ANÁLISE DOS DADOS

Criação personalizada de painéis de controle para visualização de dados gráficos. Análise avançada de dados usando Grandes Dados e Inteligência Artificial.

CONTROLE REMOTO

Execução de ordens regulamentares.

TRANSPARÊNCIA

Um software aberto que lhe dá total transparência na transmissão e análise dos dados,

PREVISÃO DE VAZAMENTO

Por meio de técnicas de estimativa do Estado e de uma correta coleta de dados, geramos algoritmos de previsão de vazamentos na rede.

ESTAÇÕES DE TRATAMENTO E PURIFICAÇÃO

Fornecemos a evolução de sua atual SCADA sem perder o investimento feito. Coleta, interpretação, padronização e entrega de dados de qualquer servidor ou controlador SCADA, permitindo a expansão de novos dispositivos. Todas as suas fábricas e redes de água estão integradas em um único software de monitoramento, controle e análise.

INTEGRAÇÃO E INTERAÇÃO

Com o SCADA, Sistema de Informação Geográfica (SIG), sistema de modelagem hidráulica e sistema de controle de bens.

Categorias
Blog Tendências

Elliot Sarfly apresenta sua nova solução inovadora para a indústria de segurança na SICUR 2022

Elliot Sarfly é uma transmissão de vídeo e apoio de geolocalização para serviços de emergência em ambientes críticos com a capacidade de personalizar soluções para atender a necessidades específicas.

O papel dos serviços de segurança e de emergência é lidar com situações excepcionais que envolvam riscos graves. Portanto, as pessoas que trabalham nesses serviços são confrontadas com acontecimentos e situações que vão além da experiência normal dos seres humanos em sua vida cotidiana.

Elliot Sarfly, usando a tecnologia como capacitador, assegura que com a ajuda de drones, câmeras pessoais, telefones celulares e o software principal da plataforma, transmitir as informações em tempo real (com menos de 1 segundo de latência) de qualquer plataforma: laptop, móvel, tablet e de qualquer lugar.

Uma combinação de hardware, software e serviços em tempo real focalizou a maximização da eficiência de um posto de comando de uma equipe de emergência e a melhoria da qualidade dos serviços públicos de gestão de desastres e emergências.

Elliot Sarfly é capaz de personalizar soluções para se adaptar às necessidades específicas do posto de comando avançado. Com base em um modelo integrado de streaming de vídeo e geolocalização, ele coleta informações de múltiplas fontes com total adaptação à estrutura dos serviços de emergência, com gerenciamento da camada WNS em poucos minutos dos vôos de drone, ele se posiciona como uma ferramenta que os serviços de emergência precisam para enfrentar os desafios e mitigar o risco extremo a que estão sujeitos na gestão de desastres e emergências.

Elliot Sarfly: Soluções avançadas para serviços de emergência

Elliot Sarfly é uma plataforma Open Source, interconectada e interoperável com outros sistemas, escalável e protocolar-agnóstica, com capacidade de conexão com qualquer sistema e dispositivo de informática: drones, celulares e câmeras, e que permite o intercâmbio de dados entre as diferentes fontes para análise e visualização, já que todas elas estão integradas em um único software.

Por que Elliot Sarfly? Características

STREAMING

  • Serviço de revezamento da mídia em tempo real.
  • Origens múltiplas: zangões, câmeras pessoais e celulares.
  • Gravação na mídia e posterior visualização.
  • Sinal visível e infravermelho para localização de hot spot.
  • Visualização remota multiplataforma: mesa de controle, laptop, móvel e tábua.
  • Monitoramento dos incêndios florestais em estágios iniciais para procurar os perpetradores.

GESTÃO DE AUTORIZAÇÕES / AUTORIZAÇÕES

  • Controle de acesso a recursos com autorização múltipla.
  • Controle granular e muito flexível de grupos e permissões.
  • Adaptação à estrutura dos serviços de emergência, serviços, etc.
  • Possibilidade de controlar a transmissão/transmissão de vídeo dentro de uma janela específica e para um IP específico.
  • Agrupamento fácil de diferentes serviços em torno de um incidente.
  • Autenticação de primeiro nível com vários níveis de segurança.

GESTÃO DE MAPAS E CAMADAS

  • Geração de camadas WMS em poucos minutos a partir de voos com drones.
  • Disponibilidade imediata nos mapas da web.
  • Geolocalização em um mapa de todos os riscos e recursos presentes e disponíveis no incidente, em tempo real.
  • Geração de camadas e gráficos de recursos e riscos no mapa.
  • Geração de heatmaps para calcular as áreas rastreadas.
  • Customização de mapas vetoriais e posterior conversão em camadas WMS.
  • Cálculo de rotas personalizadas (para o serviço e veículo específicos) com base nos mapas de pontos.

INTEGRAÇÃO DE STREAMING E GEOLOCALIZAÇÃO

  • Exibição de vídeo com mapa mostrando a localização.
  • Pós-processamento de vídeo para busca de provas e/ou vítimas.

O que é a SICUR?

SICUR é a maior referência internacional em matéria de segurança na Espanha. A cada dois anos, reúne em Madri empresas, associações, profissionais e usuários da segurança global nos setores público e privado.

Inovação e desenvolvimento tecnológico são os principais protagonistas dessa reunião profissional que trata da segurança integral de cinco grandes áreas (segurança, segurança cibernética, segurança contra incêndio e emergência, segurança ocupacional), com o objetivo de continuar a promover o bem-estar e o desenvolvimento social.

Categorias
Blog Indústria 4,0

Elliot RoT® selecionado para a WindEurope 2022

Pudemos apresentar nossa solução Elliot RoT no Europa Eólicaum evento anual de impacto global que trata de questões de energia eólica onshore e offshore, com mais de 350 expositores de todo o mundo. O evento acontece de 5 a 7 de abril de 2022, em Bilbao, o coração da indústria eólica mundial. Ela reúne todos os líderes mundiais que fornecem a energia do futuro. 

Duas das soluções de Elliot RoT foram selecionadas para serem apresentadas no Congresso da Wind Europe.

Uma nova tecnologia foi desenvolvida para a detecção precoce de falhas em equipamentos industriais através do uso de técnicas de Inteligência Artificial (IA) sob o nome de Confiabilidade das Coisas (em formato API e Edge Computing). Ao invocar o API, o nível de degradação de qualquer equipamento que esteja sendo monitorado na plataforma IoT é avaliado.

Esse algoritmo universal modela o comportamento normal dos equipamentos (motores, bombas, consumo elétrico, etc.) e posteriormente calcula a degradação de qualquer componente, detectando falhas com bastante antecedência, permitindo também a identificação da causa raiz e a avaliação das ações de manutenção.

O sistema gera alarmes individuais para cada componente monitorado, mas o objetivo da plataforma é mais ambicioso, pois gera uma base de dados de conhecimento global para a obtenção de indicadores de confiabilidade do equipamento.

Quando novos equipamentos são conectados à plataforma, o tipo de equipamento em questão é identificado (motor, bomba, gerador, etc.), o fabricante, o modelo, seja ele novo, reparado ou esteja em operação há algum tempo (para censurar ou não os dados estatísticos) antes de ser conectado à plataforma, e uma série de outros parâmetros que servem para realizar uma caracterização correta da população.

Elliot RoT, a Plataforma Universal Elliot & Reliability of Things® para Manutenção Preditiva e Caracterização da Confiabilidade do Equipamento

A plataforma IoT de Elliot Cloud é a arquitetura perfeita para combinar a confiabilidade das soluções.Isso porque permite a integração de PLCs, sistemas de Edge Computing e sensores IoT com ambientes de Cloud, o que torna possível explorar toda a confiabilidade e técnicas de inteligência artificial para a detecção de mau funcionamento em qualquer equipamento industrial.

A plataforma combina as mais recentes técnicas de Manutenção Baseada em Condições (CBM) com técnicas mais clássicas de Manutenção Baseada na Confiabilidade (RCM). Para esse fim, diferentes tipos de dados são usados em combinação:

  1. Dados operacionais.
  2. Alarmes.
  3. Ordens de trabalho.
  4. O histórico patrimonial.
Elliot ROT
Elliot ROT

Quando um usuário registra um bem na plataforma, uma série de menus de registro de bens está disponível, onde ele pode registrar o fabricante do bem, o modelo e o tipo de bem, entre uma série de outros campos. Há também a opção de registrar uma série de bens em bloco.

Quando um ativo é registrado na plataforma, todas as suas variáveis operacionais são imediatamente registradas. Se o usuário subscrever o serviço RoT, ele tem a opção de monitorar a condição de cada um de seus componentes, para os quais a plataforma fornece dois indicadores a qualquer momento:

  1. Indicador de mau funcionamentoque analisa se o equipamento se comporta de acordo com seu comportamento anterior em um período sem falhas.
  2. Indicador de Probabilidade de Falhaque estima a probabilidade de falha do equipamento com base no histórico de falhas de equipamento semelhante. Essa probabilidade é calculada:
    • Do histórico de falhas do equipamento do cliente.
    • A partir de dados históricos de equipamentos similares registrados em um banco de dados global e anônimo de todos os clientes da plataforma.
Categorias
Blog Indústria 4,0

Metodologias ágeis e IoT (Internet das Coisas)

Ser ágil na tomada de decisões e na implementação de mudanças é essencial para que uma companhia seja líder em seu setor, e é aqui que as metodologias ágeis assumem grande importância. As decisões devem ser orientadas para a melhoria contínua, tanto em termos de redução de custos ou aumento da eficiência, quanto de inovação e criação de novos produtos para atender à nova demanda do mercado.

O metodologias ágeis Assumir um novo significado e uma nova dimensão quando os fundamentos da IOT forem aplicados. O paradigma da melhoria contínua está sendo imposto atualmente, cuja essência é que, se o senhor deseja melhorar uma magnitude de um parâmetro, deve primeiro medi-lo, isto é, não pode melhorar o que não pode medir.

O Indústria 4,0 é uma indústria hiperconectada e sensorizada, onde as decisões podem ser tomadas rapidamente. Há muitas perguntas que podem surgir: 

  • O que acontece quando o senhor tem muitas variáveis, medidas ou histórico dessas medidas?
  • Como podemos encontrar padrões, desvios, correlações entre esses parâmetros?
  • Como medir quantidades de natureza diferente, com protocolos diferentes, em máquinas diferentes e em locais diferentes?
  • Como visualizar, interpretar e analisar as variáveis empresariais com variáveis mecânicas ou sociais?
  • Como o senhor toma rapidamente decisões importantes com base no que está acontecendo em seu produção?
  • E se o senhor também quiser saber o que está acontecendo no mercado para tomar essa decisão?

Hoje em dia, é necessário ter mecanismos para ajudar nesse processo de medição e correlação. As novas tecnologias permitem a replicação e a implementação de sensores econômicos em larga escala e a coleta de informações de diferentes máquinas, ferramentas e sistemas.

Hoje, temos a capacidade e a tecnologia para medir uma ampla gama de variáveis e parâmetros.

Não só é possível medir essas quantidades, como também podemos coletá-las digitalmente, processá-las automaticamente, traduzi-las para uma língua comum e transmiti-las com segurança.

Elliot Cloud atua como o cérebro do sistema, como um guarda-chuva que coleta esses dados e é capaz de correlacionar e determinar o grau de ascendência que alguns parâmetros têm sobre outros, bem como armazenar e exibir os dados históricos de forma ágil e analisá-los por meio de técnicas inovadoras de Grandes dadosanalítico, aprendizagem da máquina e inteligência artificial.

Graças a essas técnicas, será possível detectar características como a sazonalidade das ocorrências e dos eventos, e também será possível definir alertas que desencadearão ordens para ativar mecanismos e protocolos de ação, entre outros.

Categorias
Blog Indústria 4,0

IoT e SDGs. Plataformas inteligentes da cidade

O plataformas inteligentes da cidade pode servir como um elemento chave para a implementação efetiva das medidas necessárias para alcançar os objetivos.

A transformação digital representa o conjunto de inovações que mudam a realidade dos funcionários da administração pública e das próprias cidades e de seus cidadãos. Para que isso aconteça, todos os atores dessa transformação digital devem compreendê-la e saber como adaptar e ver essas tecnologias como ferramentas aliadas e não como elementos hostis.

A transformação digital apoiada por uma implantação incremental de plataformas de transformação digital é Cidade Inteligente nas diferentes verticais da cidade, pode e deve tornar-se um elemento chave para alcançar as metas propostas pelas Agendas Urbanas 2030, sendo um ecossistema de soluções e padrões que apoiam e substanciam qualquer Plano Estratégico desenvolvido em torno das ODS, a partir da Visão, Missão, Valores, Planos de Ação, objetivos, indicadores, etc.

Desse ponto de vista, uma plataforma de cidade inteligente deveria ser alinhada desde sua implementação inicial com as 17 metas de desenvolvimento sustentável da Agenda 2030.

Portanto, uma Plataforma Cidade Inteligente deveria fornecer um ecossistema tecnológico capaz de apoiar as Agendas Urbanas 2030, sendo capaz de integrar as informações geradas pelas diferentes iniciativas da cidade com o objetivo de alcançar melhorias em qualquer uma das OSC e suas metas associadas.

Isso requer objetivos estratégicos e operacionais claros, com métricas e indicadores definidos e facilmente automatizáveis, e painéis de controle apropriados para fornecer os conhecimentos necessários para uma tomada de decisão apropriada, proporcional e, acima de tudo, orientada por dados.

O IOT ajuda na integração da melhoria contínua, cuja essência é que, se o senhor deseja melhorar uma magnitude de parâmetro, tem que medi-la primeiro, isto é, não pode melhorar o que não pode medir.

A disponibilidade de um Cidade Inteligente com a capacidade de implementar esse modelo para gerar informações sobre as diferentes verticais de serviço em toda a cidade, otimizando a tomada de decisões graças à exploração dos dados coletados e analisados por meio de soluções de ponta: Inteligência Artificial, Análise Preditiva, Grandes dados e Big Data Social, BI, ML, etc.

Categorias
Blog Manufatura enxuta Insights inteligentes

Manufatura enxuta e IoT

Produção enxuta visa a uma fabricação verdadeiramente eficiente.
Com a ajuda de IoT Isso é conseguido ao permitir que equipes e ferramentas coletem dados automaticamente, os compartilhem e até mesmo interajam com informações de outras fontes de dados, bem como com outros processos, abrindo as portas da organização para uma nova forma de trabalho.
Ao acessar e centralizar dados de equipamentos e processos, a tecnologia de IOT é capaz de fornecer aos fabricantes:

  • Um novo nível de visibilidade.
  • Acesso aos dados de desempenho em tempo real.
  • Conhecimento instantâneo de todas as operações globais.
  • Possibilidade de equilibrar e otimizar a programação durante o processo de produção, adaptando-se à variabilidade do mercado.

Longe de simplesmente monitorar a produção, a qualidade ou os registros de falhas de equipamento, essa nova abordagem tem a capacidade de configurar um cenário ideal de fabricação com base na demanda atual. As operações podem ser concluídas com sucesso fazendo mudanças na produção, nos processos ou nas instalações para assegurar condições ótimas de gestão da demanda em qualquer momento.

Mas isso não é tudo, as vantagens não terminam aí, porque além dos cenários típicos de produção, equipamentos inteligentes poderão fazê-lo:

  • Monitorar a si mesmos e melhorar seu próprio desempenho, como o uso de energia, para evitar os picos de demanda. A manutenção preventiva automatizada se torna possível, pois a máquina conhece e comunica seu próprio status de ações corretivas necessárias, mantendo-a funcionando com a produtividade ideal.
  • Os fornecedores podem administrar melhor a entrega de peças no estoque, que pode ser reabastecido automaticamente com base em dados em tempo real.
  • Ajustar automaticamente as configurações do equipamento para minimizar o desperdício.
  • Racionalização dos processos de produção. medida que mais empresas incorporam novas capacidades de IoT e de análise, elas estão transformando seus processos de fabricação. Tais como a manutenção preditiva possibilitada por ferramentas preditivas e aprendizagem de máquinas, identificando e corrigindo problemas potenciais antes que eles ocorram.
  • Melhoria do serviço pós-venda. Esta é outra área em que a produção enxuta aumenta seu valor graças ao IoT. O apoio é melhorado graças aos novos níveis de conectividade dos produtos e às informações fornecidas pelos sensores e dispositivos. Os fabricantes podem efetivamente coletar dados dos clientes em uso. E assim melhorar o serviço e o apoio.

Os benefícios da IOT para a produção enxuta vão muito além dos processos dentro de uma única organização. IoT pode ajudar a otimizar a interação entre fabricantes, fornecedores e outros parceiros comerciais, melhorando o fluxo de informações sobre materiais, demanda e uso do produto. Ao mesmo tempo, a Internet das coisas em lean manufacturing é o começo de uma proposta de valor renovada que só fortalece o vínculo com o cliente e promove a fidelidade do cliente à marca.

Você quer conhecer
nossa solução?

ESPANHA | MÉXICO | BRASIL | REINO UNIDO

ESPANHA | MÉXICO | BRASIL | REINO UNIDO